ads

Nome de político que atirou em rival vai batizar um dos prédios do Senado

outubro 15th, 2014 No Comments   Posted in Brasil

O ex-senador Ronaldo Cunha Lima (1936-2012), que em 1993 atirou duas vezes à queima-roupa em um adversário político, será homenageado dando seu nome a um dos prédios do Senado Federal. Leia mais (10/15/2014 – 02h00)

Mais informações aqui
Nome de político que atirou em rival vai batizar um dos prédios do Senado

Ala do PT propõe que Dilma reconheça erros na Petrobras

outubro 15th, 2014 No Comments   Posted in Brasil

A cúpula da campanha da presidente Dilma Rousseff está dividida sobre a melhor estratégia para enfrentar o escândalo da Petrobras, que arranha a imagem do PT na reta final da disputa pelo Planalto.

Leia na origem
Ala do PT propõe que Dilma reconheça erros na Petrobras

Análise: Regras que balizarão STF sobre mensalão tucano são claras

março 27th, 2014 No Comments   Posted in Brasil

Nossa Constituição prevê que ocupantes de determinados cargos públicos (senadores, deputados, governadores, etc.) não serão julgados criminalmente por juízes de 1ª instância e sim por tribunais.

Leia mais
Análise: Regras que balizarão STF sobre mensalão tucano são claras

STF decide nesta quinta-feira futuro de processo contra Eduardo Azeredo

março 27th, 2014 No Comments   Posted in Brasil

O STF (Supremo Tribunal Federal) decidirá nesta quinta-feira (27) se o processo contra o ex-deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) no mensalão mineiro deve ser julgado pela corte ou ser enviado para a primeira instância da Justiça em Minas Gerais. De acordo com a Constituição, membros do Congresso Nacional têm seus processos julgados pelo STF, mas ainda não há uma regra clara adotada pela corte em casos de parlamentares que renunciam ao mandato em meio a um processo, caso de Azeredo

Leia mais
STF decide nesta quinta-feira futuro de processo contra Eduardo Azeredo

Diretor do Ministério da Saúde ajudou empresa usada por doleiros

março 27th, 2014 No Comments   Posted in Brasil

Nomeado pelo então ministro da Saúde, Alexandre Padilha, um diretor da pasta é suspeito de ter ajudado uma empresa que foi usada por doleiros a obter um acordo de R$ 31 milhões para que um medicamento fosse produzido por laboratórios públicos, segundo papéis da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. O acordo foi assinado em dezembro passado, quando Padilha estava no ministério. E-mails apreendidos pela PF apontam que o diretor de produção industrial e inovação do Ministério da Saúde, Eduardo Jorge Oliveira, teria ordenado que a Labogen, empresa cuja folha de pagamento é de R$ 28 mil mensais, se associasse com a EMS, o maior laboratório do país, que teve um faturamento de R$ 5,8 bilhões em 2012.

Leia aqui
Diretor do Ministério da Saúde ajudou empresa usada por doleiros

Investigações do caso Paiva continuam, diz comissão

março 27th, 2014 No Comments   Posted in Brasil

A Comissão Nacional da Verdade considera que continuam em aberto as investigações sobre o desaparecimento do corpo do ex-deputado Rubens Paiva, morto sob tortura em 1971, no Rio. Em depoimento anteontem, o coronel reformado Paulo Malhães negou ter participado da ação que ocultou a ossada do parlamentar

Mais informações aqui
Investigações do caso Paiva continuam, diz comissão


Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/airton/www/wp-content/plugins/skysa-polls-app/skysa-required/output.php on line 68 and defined in /home/airton/www/wp-includes/wp-db.php on line 1247
Website Apps