ads

Procuradoria diz que é ‘perfeitamente admissível’ prisão imediata no mensalão

dezembro 3rd, 2012 No Comments   Posted in Brasil, Geral

Na reta final do mensalão, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, disse nesta segunda-feira que se não houver a prisão imediata, os 25 condenados pelo STF (Supremo Tribunal Federal) só devem ir para a cadeia a partir de 2014. Gurgel afirmou que no mensalão é “perfeitamente admissível” a prisão imediata, além da perda automática do mandato dos três deputados considerados culpados no caso. “Se não tiver prisão imediata como requerida pelo Ministério Público, o meu horizonte para cumprimento dessa decisão é bem mais longo, talvez 2014, ou bem depois, porque o nosso sistema processual prevê esses recursos”, disse

Mais informações aqui
Procuradoria diz que é ‘perfeitamente admissível’ prisão imediata no mensalão

Procurador diz que não houve ‘nada irregular’ em contatos de Fux com réus

dezembro 3rd, 2012 No Comments   Posted in Brasil, Geral

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, saiu em defesa nesta segunda-feira (3) do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Fux e disse que não houve “nada irregular” nos contados dele com réus do mensalão, como o ex-ministro José Dirceu, quando articulava sua indicação para o tribunal. Gurgel ligou a informação ao que chamou de campanha de desmoralização do Supremo e do Ministério Público patrocinada por “inconformados com o resultado do julgamento”, que teria ainda tentado incluir o nome dele no relatório da CPI do Cachoeira do Congresso Nacional. Em campanha para o STF, Luiz Fux procurou José Dirceu ‘Pensei que não tinha provas; li o processo do mensalão e fiquei estarrecido’, diz Fux Leia mais (03/12/2012 – 19h06)

Leia aqui
Procurador diz que não houve ‘nada irregular’ em contatos de Fux com réus

Operação Porto Seguro mostra que ninguém está a salvo da Justiça, diz Gurgel

dezembro 3rd, 2012 No Comments   Posted in Brasil, Geral, Policia

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou nesta segunda-feira que a Operação Porto Seguro, da Polícia Federal, mostra que “ninguém em nenhum lugar está a salvo da Justiça”. O trabalho da PF flagrou um esquema de corrupção e tráfico de influência no governo federal, com suposta participação de diretores de agências reguladores, de José Weber Holanda, braço direito do advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, e de Rosemary Nóvoa de Noronha, ex-chefe do escritório da Presidência da República em São Paulo, íntima do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Tucano sugere CPI para apurar esquema revelado na Operação Porto Seguro Ex-chefe do INSS manteve relação com alvo da polícia Rosemary articulou para que BB contratasse empresa de sua família PF planejou operação dentro da sala de ex-assessora em SP Leia mais (03/12/2012 – 18h58)

Leia aqui
Operação Porto Seguro mostra que ninguém está a salvo da Justiça, diz Gurgel


Warning: Missing argument 2 for wpdb::prepare(), called in /home/airton/www/wp-content/plugins/skysa-polls-app/skysa-required/output.php on line 68 and defined in /home/airton/www/wp-includes/wp-db.php on line 1247
Website Apps